Notícias
24/04/2018
Conheça os principais erros de quem utiliza lentes de contato
Compartilhe
/sistema/sys/arquivos/img_posts/179.png?w=415&h=415

Independente de qual tipo de lente de contato você use, rígida ou gelatinosa, de longa duração ou diária, a higiene deve ser sempre prioridade. Porém, com o ritmo apressado do dia a dia, muitas pessoas ainda dormem com as lentes, esquecem em cima da pia do banheiro, não seguem os cuidados de higienização e, sem perceber, estão expostas a graves danos de visão.

Segundo um estudo recente feito nos Estados Unidos com mais de mil casos, pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), muitas das infecções oculares ocorrem em decorrência do uso das lentes, causando problemas permanentes nos olhos. O relatório revelou também que um em cada cinco pacientes precisou realizar um transplante de córnea ou sofreu uma redução de visão severa. Por isso, muitos desses “deslizes” com o uso das lentes precisam de atenção e mudança de hábito.

 

Não consultar um oftalmologista

Em muitos casos, o paciente que já possui a receita para óculos de grau corre para comprar as lentes de contato na ótica por conta própria. Entretanto, é necessário haver uma orientação médica durante esta transição, realizando um teste com a lente mais apropriada para cada caso. Ainda assim, após encontrar a lente correta, o paciente deve continuar fazendo um acompanhamento periódico com o oftalmologista.

 

Não seguir a validade das lentes

Não adianta querer economizar ou arriscar, o uso da lente de contato após o prazo determinado para o descarte é sinônimo de ineficiência e insegurança para saúde. Às vezes, por continuar sendo confortável e não incomodar o olho, muitas pessoas decidem prolongar o uso. Só que, se uma lente tem validade de 15 dias após aberta a embalagem, mesmo se tenha sido usada apenas uma vez, deve ser jogada fora ao final desse prazo.

 

Negligência com o estojo e com o líquido

Não adianta só lavar as mãos e ter preocupação com a colocação das lentes se o local que ela “descansa” não está sendo limpo. O estojo precisa ser lavado com água e sabão neutro, e em seguida passar por uma boa secagem. Vale lembrar também que, a cada três meses, deve ser trocado por um novo. Outra preocupação é com o líquido multiuso, que deve ser trocado toda vez que você for utilizar a lente. Caso fique sem usá-la, o correto é trocar o líquido a cada quatro dias.

 

Armazenar as lentes na água

Pior ainda é quando o produto é guardado na água. Isso pode ocasionar em contaminação por um protozoário ou ameba, gerando uma infecção séria e grande irritação nos olhos. Em últimos casos, na ausência do líquido multiuso, o correto é recorrer ao soro fisiológico. O mais recomendado é o soro em ampola, que tenha uso único, pois não pode ser contaminado.

 

Dormir com as lentes

Apesar de, atualmente, existirem modelos de lentes que permitam o uso na hora de dormir, ainda são exceções. O cuidado, em geral, é não pregar os olhos com o acessório. De acordo com um estudo publicado pela revista Ophthalmology, quem dorme com as lentes, ainda que eventualmente, tem 6,5 vezes mais chance de desenvolver lesões oculares.

 

Aplicar qualquer colírio

Para aliviar o desconforto e dar maior conforto ao olho, é comum pingar algumas gotinhas de colírio. Mas é preciso estar atento a qual tipo de é aplicado, pois existem alguns lubrificantes que podem impregnar as lentes. Para evitar problemas futuros, é preciso utilizar apenas o tipo indicado pelo oftalmologista. O uso indevido de colírio pode levar a outras doenças incluindo o glaucoma.

 

Compartilhar as lentes com outras pessoas

Lembre-se: as lentes são de uso pessoal e intransferível. Portanto, nada de trocar as lentes com outra pessoa. As pessoas devem desconfiar e nunca usar lentes que não foram compradas por elas, já que a transmissão de bactérias pode causar problemas gravíssimos, desde alergias a infecções.

Seja pelo uso de lentes de contato, problema que você está tendo ou apenas prevenção, agende uma consulta com um oftalmologista. O Instituto Assad Rayes está sediado em Florianópolis desde 1996 e tem médicos e técnicos especializados no uso de lentes de contato.

 

Assista abaixo aos vídeos do nosso canal do YouTube sobre Lentes de Contato.

Veja mais vídeos no YouTube!

 

Acesse nosso formulário do site ou ligue para (48) 3029-0260 para agendar a sua consulta.

Confira a galeria da notícia
Outras Notícias