Notícias
30/05/2017
Dieta Mediterrânea e cafeína podem diminuir risco de DMRI
Compartilhe
/sistema/sys/arquivos/img_posts/108.png?w=415&h=415

O Coimbra Eye Study, um estudo feito na Universidade de Coimbra em Portugal descobriu que pessoas que seguem uma rica em legumes, vegetais, peixes, cereais integrais e, em especial, frutas apresentam uma frequência menor de Degeneração Macular Relacionada a Idade (DMRI).

Esse tipo de alimentação é conhecido como Dieta Mediterrânea, pois é como os habitantes da região do Mar Mediterrâneo costumam se alimentar. No estudo foi percebido que os participantes que consumiam um mínimo de 150 g de frutas por dia tinham 15% a menos de chance de desenvolver DMRI.

Uma descoberta que surpreendeu os pesquisadores foi a de que os participantes que consumiam mais cafeína também tinham uma disposição menor para desenvolver DMRI.

O estudo acompanhou 883 pessoas com idade acima de 55 anos e foi liderado pelo Dr. Rufino Silva, que afirma: “Essa pesquisa é um marco para a medicina preventiva de DMRI” e conclui “Nós sabemos que suplementos nutricionais cumprem um papel na diminuição de alguns riscos de DMRI. Mas este trabalho pode ajudar a mudar o foco para os benefícios de mudar nossos hábitos alimentares diários”

Para saber mais sobre DMRI clique aqui!

Fonte: American Academy of Ophtalmology

Outras Notícias