Notícias
06/07/2017
O que está causando o aumento de miopia no mundo?
Compartilhe
Epidemia de miopia

Um aumento expressivo de casos de miopia vem preocupando especialistas. Os números de pessoas com a doença duplicou nos últimos 50 anos e as estimativas não são nada boas. A previsão é de que em três anos um terço da população mundial terá miopia, e até 2050 o número pode chegar a 50% da população mundial.

A maior incidência deste aumento está entre os jovens do leste asiático, que chegam a níveis de 90% de jovens de ensino médio míopes em países como China e Coreia do Sul. E enquanto os índices são menores em outras partes do mundo, o aumento rápido está chegando em lugares como a Europa e os Estados Unidos também.

Mas por que isso está ocorrendo?

Segundo um estudo conduzido na Universidade de Houston, nos Estados Unidos, pelo Dr. Earl Smith "Embora a genética tenha um papel em determinar a nossa suscetibilidade, há algo em nosso comportamento e nosso ambiente que está contribuindo para o aumento de casos de pessoas míopes"

Para o Dr. Smith, as demandas educacionais e a quantidade de tempo que passamos dentro de ambientes fechados em comparação ao ar livre tem uma contribuição no aumento de casos de miopia. Ele afirma que “em situações em que existe alta demanda educacional, as pessoas têm grandes chances de tornarem-se míopes. Eu uso nossos estudantes como exemplo. Quase metade deles teve o seu grau de miopia aumentado durante os quatro anos de Faculdade.”

O que fazer?

As recomendações são para que jovens, principalmente as crianças, passem mais tempo ao ar livre para diminuir o risco de desenvolver a miopia. E quando a miopia já for diagnosticada, que ela seja tratada da forma correta desde cedo, para diminuir a sua progressão e também evitar que outros problemas relacionados surjam.

Fonte: Universidade de Houston
Para saber sobre miopia clique aqui

 

 

Assista abaixo ao vídeo do nosso canal do YouTube sobre Miopia.



Veja mais vídeos no YouTube!

 

Deseja marcar uma consulta conosco?
Acesse nosso formulário do site ou ligue para (48) 3029-0260.

Outras Notícias